Bem-vindo

Família Metal Nobre • Banda Metal Nobre

BIOGRAFIA DA BANDA

Formada em fevereiro de 97, a Metal Nobre está dando o que falar. Com o mais puro Rock`n Roll, vem conquistando o público gospel e também o exigente público secular do Brasil.Tudo começou quando JT, ex-vocalista da banda Kadesh, que depois de sair da banda, ficou quase três anos procurando os músicos certos para formar "a banda!!". Formou a "JT & Banda" com Eudes, ex-baterista do Kadesh, Wellington Souza na guitarra e Carlos no baixo.Wellington Souza, teve um papel importantíssimo. Sempre preocupado com o que estava rolando no meio gospel, procurava criar músicas que ficassem para sempre. E ficaram. Foi o criador de AMAR e PARAÍSO, dois hit`s do Metal Nobre. Hoje, é quase impossível não tocar pelo menos uma delas nos shows.Carlos esteve muito pouco tempo na banda (um mês), mas o ponta-pé inicial foi dado com ele também, por isso seria impossível não citá-lo!Em março de 97 sai Carlos e entra Kenney, da banda Akza, como free-lancer. Cara... e o que falar de Kenney Gouveia? Sem comentários! Com seu estilo único de tocar, ele é um verdadeiro Rock`n Roll man!!! Não tem como falar de Metal Nobre ou Rock`n Roll sem falar do Kenney. Através dele, Deus mandou, em sonho, o nome da banda. Trouxe o mais puro Rock`n Roll, ajudava quando a decisão era difícil e eu não sabia o que fazer, e o mais importante: para ele não tinha mau tempo!! Por ele, nós íamos até de bicicleta pro Japão, pra mostrar nosso som. Saía do serviço direto pro estúdio gravar e acompanhar a mixagem. Muitas vezes não agüentava o cansaço e dormia no chão do estúdio. Esse, verdadeiramente tem um motor v8 turbinado pra Rock`n Roll!!!
Eudes é um irmão que guardo no coração até hoje. Desde a banda Kadesh, sempre esteve presente nos melhores e piores momentos da minha vida. Ao tocar com seu sorriso contagiante levava as pessoas a sentirem não o som da banda mas o som que vinha do Espírito Santo de Deus. Era incrível como conseguia cativar aqueles que curtiam o som, tanto do Kadesh como da “JT e Banda”. Quando saiu, tive medo que a banda parasse por ali, porém, sempre estava por perto para dar um conselho a respeito de tudo.No mesmo mês, por motivos de trabalho, sai Eudes e entra Maurício Barbosa. Batera incomparável!!! Quando subíamos no palco, sempre tínhamos dois públicos: um para ver a banda, que ficava na frente e outro que ficava atrás da bateria para vê-lo tocar. Era difícil de controlar o cara! Em cada ensaio ele trazia algo novo. A criatividade era tanta, que já estávamos acostumados a ter vários arranjos de bateria para cada música (risos). Quando ele saiu, ficou a pergunta: E AGORA?? Ainda bem que Deus criou o Adriel, pois prá substituir o Maurício...Sempre lutei pelo que acredito. Neste período, aconteceu um show onde estariam tocando a banda Akza e nós. Silvério Perez, líder do Akza me chama e diz: "Sinto em Deus que devo liberar o Kenney para tocar contigo definitivamente, porém, também sinto que seu guitarrista deve ser o Pedrinho, guitarrista da minha banda, pense nisso".
Algumas semanas depois, Wellington pede para sair e mais uma vez tínhamos que recomeçar a busca. O Kenney sugeriu que fizéssemos um teste com Pedrinho. Foi o tiro certo!! A vontade de Deus sempre será a melhor!. Com a entrada de Pedrinho é dado início ao período de composição. Marquei com ele no "Studio Praise", a "rock`n roll room" da banda, para tentar fazer umas músicas e surge "Cálice", que lança a banda no mercado musical gospeL. Pedro Pantoja, parceiro de composição, guita com um feeling sem igual, produtor musical e parceiro de sonhos, sabia o que queria. Conseguia colocar no Rock`n Roll, uma pitada de pentecostalismo de maneira tal, que até os mais radicais paravam pra nos ouvir tocar. Teve grande influência no estilo e personalidade da banda.Agora era preciso buscar o nome ideal. JT & Banda ainda não era o que queríamos. Buscamos ajuda até no público para achar o nome. Recebemos todo tipo de sugestão. De "Rosa de Saron" à "Prax". "Cara! Prax, parece nome de remédio de verme!!" Reclamou o Kenney. Foi quando ele sonhou que estávamos tocando em um show e viu o pastor Silvério Perez esticando a camiseta para ele onde estava escrito: METAL NOBRE e disse: " Esse é o nome da banda!!". Em abril de 98 é lançado o primeiro cd, de título: Metal Nobre. Cálice é uma das músicas mais tocada na rádio evangélica de Brasília. Apesar de ter uma produção regular, já mostrava que o METAL NOBRE vinha prá ficar.Em setembro de 98 sai Maurício e entra Adriel, professor de bateria da escola "POWER GRIP". Foi a coisa mais engraçada que já vi! Passei a agenda da banda pra ele: “Em dezembro estaremos abrindo o show do Petra, em janeiro iremos para Nasheville, USA, para gravar o segundo cd à convite do Guardian e em junho estaremos tocando na tour do Bride”. O cara pirou!! Era o primeiro cd dele!! Foi parar no hospital!! Que loucura!!! Esse era o batera!!!. Aquela seria "a banda" dos planos de Deus?
Em novembro de 99 sai o segundo cd de título Revelação que teve com uma produção impecável, ao contrário do que ocorreu no primeiro álbum. A música "Louvai", de minha autoria e do Pedrinho, estoura nas rádios de quase todo o Brasil, com quase mil cópias vendidas em menos de duas horas, somente em Brasília e alcança a marca de 30 mil cópias vendidas em 01 ano. Considerado por muitos o melhor disco do METAL NOBRE.Em 2000, entra Luís Silva, técnico de bateria para dar uma outra cara no set de batera e André Garcez, técnico de som. Com eles a banda se profissionalizou. Organizaram a bagunça. Era o que estava faltando.Em setembro de 2000 sai Pedrinho e fica a pergunta: e "a banda" segundo o coração de Deus? Vem a resposta: a banda não são pessoas, e sim a obra que foi feita através de todos que participaram e participam do Metal Nobre. Aí entra Leonel Valdez na guitarra. Esse cara é demais! Tem um coração de adorador e ama a banda como todos nós amamos. Em menos de 01 semana já estávamos na estrada. “Como, não sei, só sei que tive que tirar os dois cd`s e trabalhar o terceiro para apresentar ao público um trabalho de qualidade, sem esquecer que estava apresentando primeiro à Deus", afirmou Leonel. Com quase 10.000 cópias vendidas em dois meses, METAL NOBRE III consolida a banda.Em 23 de Março de 2002 realizamos em Taguatingua-DF, o show para gravar o CD e o DVD ao vivo do METAL NOBRE, com o título: Nas Mãos do Senhor. Contamos com mais de 25 mil pessoas presentes.Em outubro de 2002, Daniel assume o posto de baixista do METAL NOBRE no lugar de Kenney Gouveia. Uma mudança muito difícil, mas que vem dando certo e apesar de ter pouco tempo conosco, já conseguiu mostrar serviço. Tocando de maneira única e com um movimento de palco muito louco tem mostrado que mais do que nunca ele é METAL NOBRE.Depois de muito tempo de busca, finalmente temos um tecladista: Hirion Jr. que deu o brilho que faltava nas baladas.
Em 2007 entra a nova formação da banda voltando Leonel Valdez "como gitarrista",Kenney Goveia" como Baixista" Uziel "tecladista" e uma revelação, Luiz Claudio que ja estava com a banda a um certo tempo!!!
Até quando estaremos juntos, só Deus sabe, porém uma coisa é certa, enquanto isso, muito rock vai rolar!!!
Biografia Extraida do site oficial do Metal Nobre: www.metalnobre.com.br
Em Nome de Jesus Cristo o Metal Nobre não vai se Calar!!!

DEIXE SEU COMENTARIO

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

A Banda:

A Banda:

fAMILIA METAL NOBRE DE SANTA CATARINA

fAMILIA METAL NOBRE DE SANTA CATARINA
A Melhor banda com melhor maneira de expressar o evangelho e louvar a Deus pra aqueles que curtem um bom rock independente de idade, crença...,porque ´SÓ HÁ UM DEUS E ELE É JEOVÁ NÃO HA OUTRO DEUS, SÓ ELE PODE TE SALVAR MEU IRMÃO...PAZ

Show do novo DVD - Made in Brsazil - Ministério Metal Nobre

Show do novo DVD - Made in Brsazil - Ministério Metal Nobre
na coluna ao lado tbm tem fotos do show do dvd